Às vezes é bom sair dos lançamentos do cinema e assistir um filme mais antigo. Na história do cinema podemos encontrar lançamentos que fizeram muito sucesso na sua época e renderam grandes bilheterias. Como sou apaixonada por clássicos fiz uma seleção de três filmes antigos que valem a pena assistir, então prepara a pipoca!





Baseado no livro de Emily Brontë, O Morro dos Ventos Uivantes é um filme pra quem gosta de um verdadeiro romance, aqueles lentos, de paixão e devoção. Já foram lançadas várias adaptações sendo a primeira no ano de 1939, ainda em preto e branco. A história se concentra em uma fazenda na Inglaterra onde a família Earnshaw adota o jovem Heathcliff que logo se encanta com a nova irmã Catherine Earnshaw. O irmão mais velho Hindley Earnshaw tem inveja de Heathcliff e faz de tudo para infernizar a vida dele. Catherine também é apaixonada por ele, mas sendo ambiciosa procura um marido rico e acaba se envolvendo com o vizinho Edgar Linton. Heathcliff sofrendo e revoltado resolve ir embora de casa para melhorar na vida. Anos depois retorna para o local onde viveu agora rico e planeja vingança com aqueles que o abandonaram. Em 2011 foi lançada uma versão mais nova e um pouco diferente da original. Pra quem não gosta de filmes tão antigos tem também a versão de 1992 que é muito boa.







Mais clássico do que o filme estrelado pela linda e diva Elizabeth Taylor em 1963 é difícil encontrar. O filme é bem longo como era comum na época, mas muito bem produzido com figurinos e cenários maravilhosos. A história como já diz o nome conta a trajetória da rainha mais famosa do Egito, Cleópatra. Marco Antônio é interpretado pelo ator Richard Burton e foi nessa época que os dois protagonistas se conheceram e se apaixonaram. Pra ter uma ideia da produção, o filme teve um custo tão alto na época, que hoje chegaria em torno de R$ 300 milhões de dólares e a Fox produtora do filme quase foi a falência. Prepare-se para assistir quase três horas de muito glamour épico.







Outro clássico do cinema também produzido nos anos 60 é o filme que eternizou Audrey Hepburn. Bonequinha de Luxo conta a história da socialite Holly Golightly que se mudou para Nova York para realizar o sonho de virar atriz e ficar rica. Apaixonada pela joalheria Tiffany’s ela costuma tomar café da manhã admirando a vitrine da loja por isso o nome original do filme Breakfast at Tiffany’s. Durante a sua estada em NY Holly conhece seu vizinho, o escritor Paul Varjak que é sustentado por uma amante. Os dois acabam se envolvendo aos poucos mas Paul não tem a fortuna que Holly tanto quer. Bonequinha de Luxo é uma delícia de ver, divertido e romântico e se tornou um dos meus clássicos preferidos e Audrey Hepburn está maravilhosa no filme!



Há algumas semanas atrás eu tive a ideia de fugir um pouco dos posts sobre tendências, tanto que até fiz uma brincadeirinha com as 11 formas de como não usá-las! Mas o que interessa é que eu resolvi deixar as peças, os croppeds e os creepers prá trás e criar essa nova #tag no blog o Pantone Fashion, que a cada post eu vou procurar looks inspiradores com cada tonalidade.

E nosso primeiro Pantone Fahion será com o Laranja das mais diversas tonalidades, desde neon até o coral, que tem tudo pra ser uma das minhas cores queridinhas do verão. Por isso separei os mais variados looks.


fotos: lookbook.nu


Hoje temos um post especial para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, pra quem não sabe o porque dessa data ela foi escolhida neste dia pois foi o dia da morte de Zumbi dos Palmares. Que durante a ditadura, membros do Movimento Negro Unificado contra a Discriminação Racial elegeram a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no Brasil, bem como da luta por direitos que seus descendentes reivindicam. Para alguns, não passa de apenas mais um feriado comum (que infelizmente nem abrange o país todo), mas para outras pessoas, principalmente para o movimento negro, é dia para celebrar o orgulho negro e combater o racismo, por isso separei algumas imagens de uma das maiores marcas dessa cultura: O Black Power!

Aqui no Brasil o cabelo afro natural acabou ganhando esse apelido (bem digno por sinal) que vêm de um importante movimento negro que aconteceu em toda America e principalmente nos EUA durante a década de 60. Acho tão lindo quando vejo alguém com o cabelão afro por aí! Então confere só algumas inspirações:



A história começa com Leo (Channing Tatum) e Paige (Rachel McAdams), um casal muito apaixonado que sofre um acidente de carro no qual ela é arremessada para fora do para-brisa. A cena é tão bem feita que no momento em que uma tela preta assume o lugar, você chega a pensar que a personagem não sobreviveu. Quando a cena corta e Paige acorda no hospital, ela não se lembra de nada que viveu nos últimos cinco anos de sua vida, inclusive do próprio marido.

Atribuições

Todas as imagens utilizadas no blog são reproduções já existentes em outros sites. Se você possui os direitos sobre alguma essas ou referente ao conteúdo e não quer que apareçam em Vitrola na Vitrine, favor entre em contato e os materiais serão prontamente creditados/removidos

imagem-logo

Parceiros

geracao all pop retro pizza bla bla